domingo, 4 de outubro de 2020

Técnica FALAAD - Gestão de riscos

A gestão de riscos também conhecida pela nomenclatura gerenciamento de riscos, essa nada mais é que um conjunto de atividades com um único objetivo em comum, controlar de forma a neutralizar ou diminuir as potenciais ameaças presentes em todo o ambiente de trabalho.

Segundo Alberton (1996), o risco é uma característica inevitável da existência humana. Nem o homem, nem as organizações e a sociedade aos quais pertence podem sobreviver por um longo período sem a existência de tarefas perigosas. Assim, entendemos que todas as atividades possuem riscos, podem ser em menor ou em maior grau, mas sempre riscos.

 Oriscos podem ser biológicos, físicos, químicos, mecânicos, ergonômicos e de acidentes e precisam ser gerenciados para que não se materializem em perdas. Existem diversos métodos, técnicas e ferramentas, para gerenciar riscos, aqui vamos falar de uma técnica extremante simples e que pode ser utilizada não somente no ambiente laboral, mas em qualquer atividade humana.

A Técnica FALAAD (Frente, Atrás, Lados, Acima, Abaixo e Dentro) de gestão de riscos é bastante simples e consiste despertar os colaboradores a estrarem atentos com uma visão de 360⁰ em suas atividades. Fazendo com que o trabalhador tenha uma visão além dos riscos próprios de suas atividades, expandindo a análise para si mesmo quanto a aptidão para realizar tarefas com mais atenção e consequentemente, segurança para cada uma das áreas citadas na sigla, que trazem sempre fontes prováveis de perigos.

A técnica FALAAD é um recurso importante para aumentar a segurança nas empresas porque coloca os colaboradores como protagonistas da gestão de riscos em suas atividades. Eles são estimulados, de maneira constante, a avaliar os ambientes em que trabalham e a identificar riscos nas tarefas que executam, não somente no processo fim, mas com uma visão ampla do ambiente, interfaces com outros colaboradores, atividades simultâneas, processos inerentes, fontes de riscos e etc.

terça-feira, 7 de julho de 2020

Método de Investigação de Incidentes em Canvas

MÉTODO DE INVESTIGAÇÃO DE INCIDENTES EM CANVAS

O Canvas de Análise de Incidentes (CAI) é um método de investigação de incidentes que utiliza metodologia ágil de forma colaborativa.

O CAI possibilita analisar o incidente respondendo de forma evolutiva e visual os 13 blocos que decompõe as questões levantadas nos macros blocos de forma sistemática.

Cada bloco tem uma função especifica e juntos configuram importantes componentes no CAI que cobrem todas as questões relevantes na gestão de incidentes. Os blocos são respondidos pela equipe de análise de forma unitária e devem ser analisados de forma integrativa ao final do relatório que deve ser emitido pela comissão de análise.

Acesse o link para conhecer a ferramenta de forma interativa.
https://www.thinglink.com/scene/1337193933096091650

Baixe aqui o modelo da Canvas para Analise de Incidentes editável grátis 


Acesse o link e baixe o arquivo do Canvas de Análise de Incidentes (CAI) prontinho para ser utilizado na sua empresa

Para baixar o arquivo